Dashboard de vendas: Como utilizar

Dashboards comerciais são uma forma prática de se ter uma visão geral das vendas de sua empresa.

Neste artigo, vamos explorar o dashboard “Histórico e KPIs”, um painel completo que permite acompanhar os principais indicadores e evoluções de sua empresa.

Conhecendo o dashboard

Abra o Salescope Mapas, e do lado esquerdo clique em Desempenho > Histórico e KPIs para abrir o dashboard.

Menu dashboard de histórico e kpis de vendas

O dashboard é dividido em duas partes. Do lado esquerdo, você tem acesso a todos os valores, quantidade e indicadores de sua empresa. Ao clicar em um dos indicadores, abre-se do lado direito um painel com todas as informações desse indicador.

Dashboard comercial de indicadores e evolução de vendas

Por exemplo, vemos do lado esquerdo que há um total de 1.477 clientes em nossa carteira.

Menu dashboard comercial de clientes

Clicando nesse item, visualizamos do lado direito um dashboard completo sobre clientes: as médias mensais e anuais de clientes que compram, o gráfico histórico de clientes, ranking de maiores clientes e outras informações importantes.

Explorando o menu de indicadores

Vamos olhar mais de perto o menu de indicadores. Ele é dividido em algumas categorias:

Menu de indicadores do dashboard
  • Valores: totais dos pedidos ou notas, como valor de venda, rentabilidade, quantidade, impostos ou qualquer outro valor que possa ser contabilizado;
  • Clientes: informações únicas de seus clientes clientes, como nome, cidade, estado, status dentre outros;
  • Pedidos: informações sobre suas vendas, como filiais, gerentes, representantes, canais de vendas dentre outros;
  • Produtos: características de produtos, como marcas, grupos, cores etc/
  • KPIs: último, porém não menos importante, os KPIs são indicadores utilizados na gestão de empresas, como margem, ticket médio, preço médio, frequencia de compra dentre outros.

Ao lado de cada item do menu, o Salescope mostra o total do indicador. Por exemplo, ao lado de “Valor” você vê o valor total em vendas.

Valor total em vendas no dashboard gerencial

Ao lado de Produtos, temos a quantidade total de produtos comercializados.

Total de produtos vendidos no dashboard comercial

No caso de algum KPI, como “Margem”, você visualiza a média de sua empresa.

Margem de vendas no dashboard comercial

Cada indicador, ao ser clicado, exibe informações detalhadas sobre o mesmo. Vamos selecionar alguns deles e entender o que acontece.

Explorando as informações

Vamos começar clicando no menu “Valor”.

Valor total de vendas

Ao lado direito, já temos acesso a muitas informações interessantes sobre valores. Na parte superior temos o Valor total em vendas, a Média vendida por mês, Média anual e Média por cliente.

Indicadores de valor de vendas: Valor total, média mensal, média anual e média por cliente

Por si só, essas informações já são bastante valiosas para o acompanhamento de vendas, e combinadas com filtros e seleções de datas do Salescope, abrem um leque infinito de possibilidades de análise.

Mais abaixo, vemos o gráfico histórico de valores.

Gráfico e relatório de evolução mensal das vendas no dashboard

O gráfico de histórico é uma ótima forma visual de entender a evolução de suas vendas. Você pode passar o mouse sobre um valor para ter uma comparação com períodos anteriores.

Evolução mensal de vendas

O gráfico é seguido por uma tabela histórica de valores, exibindo os mesmos valores que o gráfico de uma forma analítica.

A seguir, temos três tabelas de ranking: Maiores clientes, Maiores produtos e Maiores representantes.

Ranking de valor de vendas por cliente, produto e representante

Como estamos analisando valores, os rankings são justamente de valores, mostrando os clientes que mais compram, os produtos que mais vendem, e os representantes campeões de vendas. Simples e muito útil!

Agora vamos explorar outro indicador.

Imagine que sua empresa está em uma campanha de expansão nacional, buscando atender a novas cidades. O Salescope possui o módulo “Atividade” que é excelente para acompanhar conquistas, porém vamos no momento fazer uso de nosso dashboard.

Clique em no menu Cidades.

Indicadores totais de vendas por cidades: cidades atendidas, média mensal e média anual

Vejamos a imagem acima: ela mostra que nossa empresa já atendeu 259 cidades, por mês são atendidas em média 34,72, e por ano 129,33.

Gráfico e evolução mensal de cidades atendidas

O gráfico de cidades atendidas parece oscilar bem, o que dá a entender que não estamos crescendo em número de cidades. Vamos selecionar a opção “Anual” para ter uma visão melhor da evolução.

Gráfico anual de cidades atendidas

De fato, estamos crescendo um pouco: em 2019, atendemos 9,7% a mais de cidades que no ano anterior.

2020 está em queda brusca, mas isso se deve a ainda estarmos no começo do ano.

Abaixo das informações de evolução, temos listagem de cidades com maiores vendas, com São Paulo abocanhando quase 30% de todas as vendas da empresa.

Ranking de cidades com maiores valores em vendas

Por fim, os rankings são exibidos de acordo com o número de cidades atendidas. Por exemplo, vemos que a Bola 360 […] é a campeã de distribuição, sendo vendida em 156 cidades.

Ranking de produtos vendidos em maior número de cidades

O representante Marconi, por sua vez, é o vendedor que realizou vendas em uma diversidade maior de cidades.

Ranking de representantes que atendem a um maior número de cidades

Para finalizar esse artigo, vamos desbravar as informações de algum KPI. Na parte inferior do menu, selecione “Ticket médio”.

Ticket médio no dashboard de vendas

Ticket médio é o valor médio de cada venda realizada. Muitas empresas consideram esse indicador um dos mais importantes no acompanhamento das vendas: ele pode indicar, por exemplo, a capacidade do representante levar novos produtos ou convencer o comprador a adquirir uma maior quantidade em suas compras.

A primeira informação em nosso dashboard é justamente o ticket médio da empresa.

Ticket médio geral da empresa no dashboard de vendas

O print acima mostra que cada pedido realizado gera, em média, R$ 13.648,17 de faturamento.

Mas será que esse é um número saudável, que vem melhorando com o tempo? Vamos analisar abaixo o histórico do ticket médio.

Gráfico de histórico mensal de ticket médio

Sim, confirmamos está ocorrendo uma evolução do ticket médio. Em janeiro de 2020, por exemplo, o ticket médio foi 53% maior que em janeiro de 2019!

Evolução do ticket médio em janeiro

A seguir, temos nossos já conhecidos rankings, nos mostrando quais clientes fazem os maiores pedidos, quais produtos geram mais dinheiro por pedido, e quais os representantes mais se destacam em suas vendas.

Rankings de ticket médio por clientes, produtos e representantes

Não deixe de acompanhar os números de sua empresa com o dashboard, há muitos outros KPIs interessantes, como o “preço médio de produto” ou “frequencia de compras” a serem explorados!


Ainda não conhece o Salescope? Apresentamos um dos 22 módulos do sistema (até a data desse artigo). Mapas, relatórios e diversos outros dashboards que vão lhe ajudar a redescobrir seu negócio!

Baixe agora uma versão grátis e descubra na prática os benefícios de uma plataforma simples e eficiente de gestão, que se integra ao sistema que você já possui em sua empresa.

Compartilhe